Fornecido por Pet é Pop Imagem de 99mimimi por Pixabay
Anúncios

Quem nunca teve um gato super amigável que parecia adorar carinho e acabou levando uma mordida dele? É fácil culpar o animal, mas a ciência diz que provavelmente você está acariciando seu gato de um jeito errado.

Segundo o site The Conversation, a chave de sucesso é dar ao gato o máximo de escolhas possíveis durante a interação. Por exemplo, deixá-los controlar onde querem ser tocados e por quanto tempo. Isso provavelmente exigirá um pouco mais de autocontrole quando falamos de animais fofos.

Pesquisas mostram que as interações com gatos duram mais tempo se são os animais que iniciam o contato. Também é fundamental prestar atenção no comportamento e na postura do animal durante as carícias, para garantir que ele esteja confortável com os gestos. Quando se trata do toque, geralmente, menos é mais.

De forma geral, os gatos mais amigáveis ​​gostam de ser tocados na região facial, como no queixo, ao redor das bochechas e na base das orelhas. Os pets preferem essas áreas a outras regiões como a barriga, as costas ou a base do rabo. Acima de tudo, respeite os limites do seu gato.

Sinais de que seu gato está gostando do carinho:

  • O rabo dele está na posição vertical e foi ele quem começou a interação.
  • O gato está ronronando e amassando você com as patas da frente.
  • Seu pet está mexendo suavemente a cauda de um lado para o outro.
  • Ele está com uma postura descontraída e suas orelhas estão apontadas para frente.
  • Seu gato lhe dá uma cutucada suave se você parar de acariciá-lo.

Sinais de que você está acariciando seu gato de um jeito errado:

  • Ele continua se movendo ou virando a cabeça para longe de você.
  • Seu gato continua passivo, sem ronronar ou se esfregar em você.
  • O pet está piscando muito, balançando a cabeça ou o corpo ou lambendo o focinho.
  • Ele faz rápidos e curtos movimentos de limpeza.
  • Em caso de espasmos na pele, geralmente nas costas.
  • Seu gato balança ou bate a cauda.
  • Suas orelhas estão achatadas para os lados ou viradas para trás.
  • Ele faz um movimento repentino com a cabeça para encarar você ou sua mão.
  • O pet tenta morder você ou bate com a pata para afastar sua mão.

O post Você está acariciando seu gato de um jeito errado, diz a ciência apareceu primeiro em Pet é pop.

MSN

Compartilhe o post com seus amigos!