Diante diversas denúncias recorrentes dando conta que na Praça do Café existe comércio
de substância entorpecente, foi reforçado o patrulhamento policial pela região.

Sendo que nesta data foram avistados três indivíduos dos quais um já é muito conhecido no meio policial por envolvimento com substância entorpecente, onde os mesmos estavam fazendo consumo de bebida alcoólica no banco da praça, sendo então dada voz de abordagem e de pronto já identificado que o citado indivíduo estava fazendo uso de tornozeleira eletrônica e, conforme Mandado de Monitoração Eletrônica, o mesmo não poderia se apresentar em público fazendo uso de substância etílica.

Realizada busca pessoal nada de ilícito foi localizado com os abordados, porém em checagem documental foi possível verificar que todos os abordados possuem diversas passagens pelo meio policial como furtos e roubos.

Realizada busca nas proximidades foi localizado em frente ao banco que os mesmos ocupavam, escondido embaixo de uma pedra, uma porção de substância análoga a maconha embalada e pronta para o comércio pesando aproximadamente cinco virgula seis gramas em balança não aferida.

Também foi identificado um óculos azzaro na caixa e com nota fiscal e com o valor especificado de trezentos e sessenta e nove reais, sendo que a propriedade foi reclamada pelo abordado com passagens por furto tendo o mesmo afirmado que comprou de outra pessoa bem conhecida no meio policial por envolvimento com diversos ilícitos como furto, roubo e envolvimento com drogas pela quantia de trinta reais.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão aos abordados e os mesmos foram conduzidos até a DP desta cidade para mais esclarecimentos e para que fossem tomadas as medidas cabíveis.