Anúncios

Menina de apenas seis anos ainda teve a cervical fraturada.

O crime bárbaro contra a pequena Tabata Fabiana Crespilho Rosa de seis anos continua chocando a população de Umuarama. O delegado responsável pelo caso confirmou que a criança foi abusada sexualmente pelo criminoso.

De acordo com a polícia, a menina teve a cervical fraturada e a morte foi por asfixia mecânica.

O corpo de Tabata foi encontrado com os pés e mãos amarrados em uma cova rasa na área rural do município.

Eduardo Leonildo da Silva, 30 anos foi detido e confessou que sequestrou e matou a menina, até mesmo indicou onde estava o corpo.

O caso causou revolta aos moradores, que depredaram a delegacia de Umuarama. Tabata havia desaparecido na terça-feira (26) quando saiu para ir à escola.

Conhecido como Maníaco do Parque, Eduardo já havia assassinado uma adolescente de 15 anos em Chopinzinho, sudoeste do Paraná. Condenado pelo crime, cumpria a pena de seis anos em regime semiaberto.

REBELIÃO

Por conta do crime, os detentos da delegacia de Umuarama se rebelaram. De acordo com a polícia civil, os presos continuam com o motim e armados dentro da cadeia. Há informação de que outros encarcerados estão sendo mantidos como reféns.

Eduardo foi transferido para a Penitenciária de Cruzeiro do Oeste. Segundo informações extraoficiais, o bandido está em uma cela isolada de outros presos, já que detentos ameaçaram contra a vida do homem.

Redação Catve.com