Crime ocorreu em Valparaíso de Goiás

Um suspeito de 17 anos foi apreendido por torturar duas garotas em Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. As vítimas tinham 15 e 18 anos.

A Polícia Civil informou que o adolescente pretendia encontrar e assassinar um rapaz, que seria o irmão e ex-namorado das meninas. Segundo a corporação, ele queria vingar a morte de um amigo. No entanto, os agentes não acreditam que o alvo do suspeito tenha cometido o crime. Sete comparsas estão foragidos.

De acordo com o G1, o grupo chegou à casa das vítimas no último sábado (23), perguntando pelo rapaz. Como as meninas disseram que não sabiam onde ele estava, os criminosos deixaram o local. Três horas depois, eles invadiram a residência novamente e começaram a torturá-las.

“Eles trancaram as duas na casa e começaram a espancá-las. Primeiro, pegaram facas e cortaram os cabelos delas. Depois, deram golpes com facão nas pernas, costas, peito e braços delas. Em seguida, esquentaram as facas e queimaram as garotas. Por fim, eles deram pauladas e fraturaram os dois braços da mais nova”, disse o delegado Cássius Zamó, ao G1.

A namorada acabou dizendo que levaria os criminosos até o local onde o rapaz estaria. Seis deles deixaram a casa junto com a adolescente. Já a outra menina, que ficou em casa, aproveitou um momento de distração do suspeito e de um comparsa, pulou o muro e chamou a vizinha, que acionou a polícia.

Embora o grupo quisesse vingar um crime que ocorreu há cerca de um mês, as investigações não apontam relações do alvo do grupo com o homicídio.

Autuado em flagrante, o suspeito vai responder por ato análogo aos crimes de tortura, roubo e tráfico de drogas.