Um homem que ainda não teve sua identidade divulgada foi preso pela Polícia Militar na manhã desta sexta-feira (28) após ameaçar entrar em uma creche atirando.

O suspeito que mora no Distrito do Pirapó esta em processo de separação, e sua ex esposa trabalha no CMEI Pequeno Paraíso na cidade de Cambira, por volta de 09:30h da manhã ele teria ligado na Autarquia de Educação de Cambira dizendo para tirarem todas as crianças da creche pois ele entraria no local atirando pra matar sua ex mulher.

Rapidamente o Secretário de Educação Felipe Zani acionou a Polícia Militar e se deslocou até a creche onde a professora trabalha.

Uma equipe da Polícia Militar ficou no local e outra equipe foi até o Distrito de Pirapó onde encontraram o suspeito que foi preso e encaminhado até a 17ª SDP de Apucarana para esclarecimentos.

O suspeito nega que teria feio tal ameaça, no último dia 11/06 a professora registrou um boletim onde contra o ex marido, onde o suspeito teria se dirigido a mesma creche e furado os pneus do veículo da professora, já que o homem não aceita a separação vem ameaçando a professora por não aceitar a separação.

Ele segue preso está sendo ouvido, a ex mulher também está na delegacia prestando depoimento. O telefone de onde partiu a ameaça já foi identificado, seria um celular que agora está desligado, a Polícia Civil já está intimando a empresa para saber quem é o proprietário da linha e identificar o autor das ameaças.

A Autarquia de Educação avisa que os pais podem ficar tranquilos, as aulas continuarão normalmente já que o principal suspeito se encontra detido.

A professora foi afastada da creche, a Autarquia de Educação de Cambira já esta tomando as providencias cabíveis.