RÚSSIA REGISTRA PRIMEIRA VACINA CONTRA O CORONAVÍRUS

A afirmação foi feita pelo presidente russo, Vladimir Putin; Paraná negocia acordo com a Rússia.

Anúncios

A Rússia acaba de anunciar que o país registrou a primeira vacina do mundo contra o novo coronavírus. A confirmação foi feita pelo presidente russo, Vladimir Putin, nesta terça-feira (11). O ministro da Saúde da Rússia, Mikhail Murashko, disse que o imunológico mostrou eficácia.

“Esta manhã, pela primeira vez no mundo, uma vacina contra o novo coronavírus foi registrada. Sei que é bastante eficaz, que proporciona imunidade duradoura.”

disse Putin durante uma videoconferência.

A Rússia espera agora poder iniciar a aplicação em massa, mesmo que estejam ocorrendo ainda testes clínicos para comprovar a segurança da vacina. As autoridades russas já tinham anunciado que os profissionais de saúde, professores e outros grupos de risco serão os primeiros a serem imunizados.

Paraná caminha para assinar um acordo de cooperação técnica com a Rússia para a produção da vacina contra a covid-19. Assim como outras imunizações que indicaram segurança e reação imune que o antígeno provoca no organismo.

Decisão questionada

Muitos cientistas, no entanto, na Rússia e em outros países, questionaram a decisão de registrar a vacina antes que sejam completada a chamada Fase 3 do estudo – que, por norma, demora vários meses, envolve milhares de pessoas e é a única forma de provar que a vacina experimental é segura e funciona.

Nas últimas semanas, muitos cientistas expressaram preocupação com a velocidade em que estava sendo desenvolvida a vacina. A Organização Mundial da Saúde pediu “diretrizes claras” para o tratamento e o cumprimento dos protocolos e dos regulamentos em vigor.

Ric Mais Record

Compartilhe o post com seus amigos!