Anúncios

Já está na cadeia, Luiz Gustavo Xavier Alves, de 20 anos, principal suspeito de ter baleado e matado a garota Ingrid Vitória Júlio Regina, de 15 anos. Após uma troca de informações com policiais militares da cidade de Sarandi, a ROTAM de Paiçandu localizou Luiz na casa de um amigo no Jardim Bela Vista 2.

A adolescente estava com familiares em uma festa clandestina em Maringá quando foi atingida no crânio. Ingrid foi socorrida mas não sobreviveu. A polícia recebeu diversas informações que Luiz Gustavo estaria planejando balear seu desafeto que também participava da festa, porém, o tiro acertou uma inocente.

Na semana passada ele se apresentou com seu advogado na Delegacia de Homicídios onde negou qualquer participação no crime. Como a legislação eleitoral estava em vigor, o meliante foi liberado mesmo estando com mandado de prisão em aberto.

Dias depois de sua apresentação, Luiz Gustavo foi abordado por uma equipe da ROTAM de Sarandi. O suspeito estava no bairro José Richa. A PM algemou o rapaz e conduziu para a delegacia, porém, foi liberado novamente por causa da lei eleitoral.

O mandado de prisão de Luiz Gustavo é temporário por 30 dias. Diligências estão sendo realizadas por investigadores da Delegacia de Homicídios de Maringá.

André Almenara

Compartilhe o post com seus amigos!