Após anos de espera, centenas de acidentes com várias vítimas ficando feridas algumas com sequelas temporárias e outras permanentes e também várias vidas ceifadas a concessionária que administra a rodovia está instalando dois redutores de velocidades.

No final do ano passado foi realizado o primeiro protesto organizado pela câmara de vereadores pedindo providencias para o trecho da rodovia BR-376 e BR-369 que corta o município de Jandaia do Sul, mas nada foi feito.

Outros dois protestos no primeiro semestre de 2017 foram realizados, no qual o último foi divulgado até em mídias regionais, e então o município obteve uma resposta.

A concessionária divulgou uma nota dizendo que no segundo semestre de 2018 irá dar início a construção do contorno para tirar o transito pesado que corta o município, e até que o contorno não saia a empresa se propôs a instalar tais redutores de velocidade.

Com a autorização do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) a empresa solicitou a compra dos equipamentos, e mandou um engenheiro para fazer os estudos necessários para a instalação do redutor de velocidade.

Na data de hoje (30/05/17) os técnicos estão fazendo a implantação da primeira parte dos redutores de velocidade, que é a base onde será mostrada a velocidade atual do veículo, e está previsto para amanhã (31/05/17) a finalização da instalação e já sendo colocado em funcionamento.

O Portal do Tossinha em conversa com um morador do bairro Parque Alvorada (novo bairro que fica abaixo da lisbodega), o mesmo informou que vários acidentes de pequenas proporções vêm acontecendo no trevo da saída para Mandaguari, e em analise o redutor de velocidade pouca irá ajudar. Os redutores estão sendo instalados em apenas um lado da rodovia limitando assim a velocidade de apenas um lado enquanto o outro fica descoberto.

Ainda em conversa com o morador, no bairro existem várias crianças que atravessam a rodovia todos os dias, e também alguns idosos fazem uso da travessia da rodovia.

A reportagem esteve no local fazendo a cobertura e registrou um flagrante de imprudência no trevo principal de Jandaia do Sul (trevo da Emater) o qual um veículo avançou o local de faixa de segurança para parar e quase acabou sendo atingido por uma carreta que trafegada na rodovia, passando a centímetros do veículo.

A orientação que fica é que os motoristas sejam mais prudentes e respeitem os limites de velocidade e tenham mais atenção na hora de trafegar pela rodovia.