Jandaia do sul 14h00min
Solicitante/vítima: Masculino de 42 anos.
Natureza: Furto qualificado.
Local: R: Projetada E.

Por volta das 14h00min relatou o solicitante que ao chegar em sua residência deparou-se com a porta dos fundos aberta e do interior da casa foram subtraídos vários objetos, que ainda encontrou sua televisão marca Semp Toshiba danificada abandonada do lado de fora de sua residência.

Cambira 20h15min
Natureza: Lesão corporal – Violência doméstica / Ameaça / Dano / Desobediência / Resistência.
Solicitante: Feminina de 22 anos.
Preso / Apreendido: Masculino de 19 anos.
Local: R: Guaporé, 00, Centro.

Por volta das 20h15min a equipe foi solicitada para se deslocar ao endereço supracitado onde o indivíduo, estava, segundo solicitante, visivelmente alterado, ameaçando de morte sua mãe e esposa, e danificando sua residência. Relata a equipe que o indivíduo em questão fora encaminhado por lesão corporal no dia 05/10/2018 e fora posto em soltura no dia de hoje. A equipe, no deslocamento para o local, recebeu solicitação do SAMU, relatando que no mesmo endereço o indivíduo em questão havia agredido sua mãe. Fora ainda relatado, mediante solicitação, que o indivíduo estava correndo atrás de uma mulher em posse de arma branca dizendo que iria matá-la. Fora solicitado apoio policial pela Central de Operações enquanto esta equipe se deslocava ao local. In loco a equipe constatou que a genitora havia sido agredida, e segundo relato dessa, que a agressão fora mediante objeto contundente e que “havia tomado paneladas” na cabeça e que teria sido arremessada ao solo por seu filho. Na chegada do apoio policial, efetuado pela Patrulha Rural da cidade de Jandaia do Sul, fora franqueada a entrada da equipe na residência pela genitora do mesmo, onde relatou ainda que o filho estava trancado no quarto e gritando/ proferindo ameaças, após adentramento, a equipe encontrou o rapaz embaixo do chuveiro, onde fora solicitado, mediante comandos verbais, que o mesmo saísse do banheiro e se dirigisse para fora da residência, mediante desobediência do mesmo, fora dada voz de prisão onde o indivíduo estava e este resistiu aos comandos sendo necessário uso progressivo e moderado da força, haja visto o mesmo ter entrado em luta corporal com a equipe. Após contenção e algemamento, a equipe aguardou a chegada da ambulância do SAMU, onde, na presença do Médico plantonista, atestou que a mãe do detido deveria ser encaminhada ao HPA em Apucarana para realização de exame tomográfico e que não poderia comparecer à DP para representação fazendo esta, em seu lugar, a sua filha, irmã do detido e solicitante da ocorrência. Diante dos fatos o autor fora encaminhado à 17ª SDP onde permanece à disposição da justiça.