Uma das coisas que as pessoas mais odeiam é lavar a louça e fazer faxina na casa. Isso não é difícil de entender, já que não há nada de divertido ou agradável em realizar essas e outras tarefas domésticas. Quando somos crianças ou adolescentes, muitas vezes ainda conseguimos “escapar” desses afazeres, mas, na idade adulta, não há como fugir.

Contudo, temos uma novidade que vai fazer você se sentir muito melhor em relação a essas tarefas tão chatas. Um estudo recente revelou que varrer ou limpar o chão pode prolongar a nossa vida.

O Incrível.club espera que o post de hoje mude a maneira como você enxerga e lida com as obrigações do dia a dia. Confira mais detalhes sobre esse polêmico estudo.

Aparentemente, você não precisa mais se acabar na academia para se manter em forma e ter uma vida mais longa. Durante décadas, as pessoas pensaram que as tarefas domésticas não eram suficientemente boas para manter a saúde, mas isso era apenas por falta de informação. Cientistas americanos concluíram que até mesmo as atividades simples, como dobrar a roupa ou varrer o chão, podem prolongar consideravelmente as nossas vidas.

O estudo contou com a participação de 6 mil pessoas, todas mulheres entre 63 e 99 anos. Foram coletados dados sobre a atividade física diária durante uma semana. Depois disso, o estado de saúde delas foi controlado durante 3 anos.

De acordo com os resultados, as mulheres que dedicavam mais ou menos 30 minutos por dia a atividades físicas leves, como dobrar a roupa, tinham um risco de morte 12% menor em comparação com as que não faziam nada. A taxa de mortalidade foi ainda mais baixa entre as participantes que faziam regularmente 30 minutos de atividade moderada ou intensa. O aumento da expectativa de vida nesses casos foi de 39%. Os pesquisadores informaram que os resultados foram semelhantes em todas as participantes, independente da idade e do peso.

Esse é um resultado bastante notável, já que mostra que as pessoas podem ter melhorias na saúde até mesmo se fizerem menos atividade física do que o recomendável. “Fazer algo é melhor do que não fazer nada”, afirmou o autor do estudo. Segundo ele, essas atividades consideradas “simples” não costumavam ser recomendadas porque não havia evidências que comprovassem essa teoria.

Os pesquisadores destacam que apesar de o estudo estar concentrado em mulheres mais velhas, ele também é aplicável às gerações mais jovens. Além disso, é fundamental desenvolver hábitos saudáveis enquanto ainda somos jovens. Dessa forma, será muito mais fácil manter o mesmo ritmo durante toda a vida. Portanto, existem formas muito simples para que possamos viver por mais tempo.

Existem muitos estudos que confirmam o vínculo entre altos níveis de estresse e mortalidade. Portanto, temos uma boa razão para começar a fazer pelo menos algumas atividades domésticas todos os dias. O que acontece é que as pessoas que lavam louça de maneira consciente (se concentram no processo, no cheiro do detergente e na temperatura da água) podem aumentar o nível de inspiração em até 25%, e diminuir o nível de ansiedade em até 27%. Portanto, lavar a louça é outra atividade que ajuda a prolongar a vida.

Mas um detalhe importante é realmente prestar atenção no processo. As pessoas que não se preocuparam com o que estavam fazendo simplesmente não obtiveram os benefícios que essas atividades oferecem para a saúde.