Mulher chama filho de vizinha de macaco e acaba presa em Apucarana

Anúncios

Apucarana 15h32min
Vítima Mulher de 32 anos
Natureza Vias de fato – Lesão Corporal – Injuria racial
Presa Mulher de 31 anos
Endereço Rua Rio Jacaré – NCH Papa João Paulo

Nesta data a equipe foi acionada a comparecer no local acima onde em contato com as partes envolvidas, que ambas passaram a relatar que são vizinhas de apartamento e que seus filhos brincam juntos, e que esporadicamente eles acabam discutindo, e este teria sido o motivo da discussão em questão. Relata a vítima que nesta data ao chegar em casa, seu filho de 11 anos se queixou de que a autora havia dito ao mesmo: você não tem pai seu macaco sem educação café com leite. Diante do exposto a vítima teria ido ate o apartamento da autora e iniciado uma discussão onde veio a evoluir. Dessa situação resultou a vítima, diversos hematomas e arranhões pelos braços e tórax. Na chegada da equipe foi conversado com ambas as partes. A autora após ser informada de que teria que acompanhar os policiais ate a delegacia passou a informar que teria testado positivo para Covid-19, fato este contestado por moradores e pelos colaboradores do residencial, os quais informaram que ela anda por todas as dependências do condomínio sem máscara. Diante do exposto com apoio da vtr da Rotam, ambas as partes foram encaminhadas a 17 SDP, observando todas as normas de prevenção a Covid-19, para providências. Não foram utilizadas algemas bem como não foi apresentado pela autora, documento ou exame que comprovasse os fatos relatados por ela.

Compartilhe o post com seus amigos!