Foto / Google Maps

A equipe realizou patrulhamento a pé, pela linha de trem, sentido a rua 15 de novembro,
haja vista a dificuldade em aproximação através de viatura, uma vez que os traficantes
daquela área possuem olheiros nas entradas do bairro que informam a chegada das
equipes.

Sendo que em determinado momento da progressão a equipe avistou 3 elementos, tendo um deles dito que buscaria um “beque”, indo buscar algo em um pé de bananeira, minutos depois outro elemento subiu até a linha de trem, tendo agachado próximo as pedras
do trilho procurando algo, momento em que este avistou os militares vindo a sair correndo
sentido bairro juntamente com os outros dois indivíduos.

No que foram acompanhados de perto pelos militares da equipe, que conseguiram lograr êxito na abordagem de apenas um dos elementos, que encontrava-se muito nervoso e gaguejando, sendo que em seu bolso estava a quantia de 51,00 reais em dinheiro trocado dividido em bolsos diferentes, e amassados de forma separada, sendo que após questionado o mesmo deu versões diferentes da procedência do dinheiro.

Após checagem verificou-se que o meliante já possui passagens pela polícia, e que teria vindo recentemente da cidade de Borrazópolis e estaria morando no núcleo habitacional João Paulo, e que devido as prisões efetuadas na área o mesmo teria assumido o tráfico na Vila Regina.

A equipe então retornou até o local onde o individuo teria agachado para procurar entorpecentes, e localizou uma gilete (utilizada para picotar droga), duas buchas de substância análoga a maconha (que na delegacia constatou pesar a quantia de 4,81 gramas), uma in natura e outra já empacotada e pronta para a comercialização, assim como uma pedra de crack (que na delegacia constatou pesar a quantia de 1,43 gramas.

Com o menor de 16 anos também encontrava-se um aparelho de celular da marca LG de cor branca, sem chip, e um chip lacrado da operadora claro com o número (98850-1423). Devido aos fatos a equipe realizou a apreensão do adolescente e encaminhou o mesmo juntamente com o material apreendido até a delegacia de polícia para as providências cabíveis.