Um menino de 14 anos atirou e matou todos os cinco membros de sua família no estado americano do Alabama e depois chamou a polícia, confessando o crime – informou a polícia local nesta terça-feira (3).

Três das vítimas foram encontradas mortas no local, uma casa em Elkmont. As outras duas morreram depois de serem transportadas de avião para um hospital regional.

“O menino de 14 anos foi interrogado e confessou ter matado todos os cinco membros de sua família”, relatou o xerife do condado de Limestone no Twitter.

“No momento, ele está ajudando os investigadores a localizar a arma, uma pistola de 9 mm que disse que jogou em algum lugar nas proximidades”, acrescentou o xerife.

O massacre aconteceu na segunda-feira.

O garoto sob custódia não foi identificado e não há nenhuma explicação imediata sobre o motivo para os assassinatos.

A violência armada é uma característica predominante na vida americana, com mais de 36.000 mortes por ano – pelo menos um terço delas é homicídio – de acordo com estatísticas compiladas pelo Giffords Law Center.