Foto / Google Maps

Informações repassadas pelo COPOM que uma mulher e uma criança de 3 anos estavam sendo agredidas. Chegando na Rua Vereador José Ribeiro de Souza no Jd Tibagi foi entrado em contato com o morador da casa , onde o mesmo nos atendeu e pedimos para que o mesmo abrisse o portão para conversarmos sobre o que estava acontecendo dentro de sua casa , pois vizinhos ouviram muitos gritos de uma mulher e também que o mesmo estava bastante alterado .

O conduzido não abriu o portão e também fechou a porta dizendo que não houve nada, somente uma discussão normal entre marido e mulher ; e que após ter fechado a porta de casa começou a nos xingar e dizendo : seus bostas eu não vou abrir , sei que vocês não tem o mandado pra entrar em minha casa , seus bostas e vou processar vocês os vizinhos gravaram áudios através de celulares , os quais foram nos apresentados, e realmente estavam audíveis o tom de voz de ambos no interior da residência. Apos isso a equipe pulou a grade entrando ao quintal, onde ainda ouve resistência do autor que continuou xingando a equipe.

Foi solicitado apoio de outras equipes no local. Após bastante conversa o autor abriu a porta mas não obedeceu a abordagem e resistiu, sendo necessário o uso de espargidor de pimenta, técnicas de imobilização e algemas conforme sumula vinculante 11.

Após algemado o autor disse que tinha duas opções, abrir a porta ou matar a vitima. Foi encaminhado autor e vitimas a 17 SDP para providencias cabíveis. Na Delegacia o mesmo se negou a dar dados cadastrais de sua identidade , dizendo que não é obrigado a fornecer dados.