Foto / Portal do Tossinha

Posted by Portal do Tossinha on Sunday, July 12, 2020

Anúncios

Um gravíssimo acidente ocorrido na tarde deste domingo no perdimento urbano de Jandaia do Sul movimentou diversas equipes de socorro para resgatar 4 mulheres.

O acidente aconteceu no KM 217 da BR 376 por volta das 14:20h, mais precisamente no trevo de Jandaia do Sul saída para Apucarana nas proximidades da empresa Metafa.

Segundo informações o veículo Toyota/Etios HB X com placas FNP-3682 de São José dos Campos/SP realizava a travessia da rodovia adentrando ao município de Jandaia do Sul, ao cruzar a rodovia o veículo foi atingido pelo caminhão VW/8.150 com placas DFI-4C51 de Maringá/PR.

A colisão foi tão violenta que o veiculo Etios foi arremessado por cerca de 20 metros, a lateral do veículo ficou totalmente destruída, o caminhão ficou com danos na parte dianteira direita.

No veículo Etios viajavam 4 mulheres da mesma família, uma delas ficou presa as ferragens do veículo: Fátima Neri de 51 anos conduzia o veículo sofreu Traumatismo Craneano grave e Ferimento Corte Contuso (FCC) em face (rosto). Fátima foi estabilizada pelo Dr. Étore e encaminhada ao Hospital Honpar em Arapongas pelo aero médico do SAMU.

Aparecida Elza D. de Credo 77 anos viajava no banco do passageiro, sofreu Ferimento Corte Contuso em face (rosto) e seu estado de saúde era estável. Ela foi socorrida e encaminhada ao Hospital da Providência em Apucarana por uma equipe do SIATE do Corpo de Bombeiros.

Isabel Aparecida Silvério 59 anos viajava no banco de traz no lado do condutor. Ela sofreu augia em região Lombar e Suspeita de Fratura em Coluna, Isabel foi encaminhada ao Hospital da Providência em Apucarana pela Unidade Avançada do SAMU.

Cássia Silvério Paulino de Almeida viajava no banco traseiro no lado do carona, ela sofreu Ferimento Corte Contuso (FCC) em membro inferior esquerdo (perna). Cássia foi encaminhada ao Hospital da Providência em Apucarana com ferimentos considerado leve.

Leonardo Costa de 21 anos conduzia o caminhão guincho, ele recebeu atendimento de uma equipe da concessionária que administra a rodovia, e foi encaminhado ao Pronto Atendimento (PAM) na cidade de Mandaguari.

O socorro às vítimas levou em torno de 1hora e movimentou diversas equipes de Jandaia do Sul, Apucarana, Mandaguari e Maringá. A rodovia ficou interditada por pouco mais de 1hora para a realização do resgate às vítimas.

Socorristas do SAMU de Jandaia do Sul Jaciele Vicentim e Fernando Lopes;
Defesa Civil de Jandaia do Sul SD Anderson, ADCs, Crhistian Bueno, Marcelo Alves, Rodrigo Lopes;
Corpo de Bombeiros de Apucarana ABTR Sgt Carmo, Cabo Júlio, Sd Nazarko – Ambulância Sgt Salustiano e Sgt André;
Socorristas do SAMU Aéreo Dr. Étore e Enfermeiro Marcos;
Polícia Militar Sd Silvério e Sd Jocasta;

CURIOSOS

Sabemos que é do ser humano ser curioso, mas no caso de acidente a curiosidade atrapalha e muito, neste acidente não foi diferente.

Além da preocupação com o socorro às vítimas policiais precisaram conter os curiosos que estavam quase invadindo a cena do acidente.

Uma das situações mais inusitadas nesta ocorrência foi no momento em que o helicóptero do SAMU ligava os motores para levantar voo.

Neste momento um ciclista adentrou a área de isolamento e estava indo em direção ao Helicóptero como se nada estivesse acontecendo.

Inspetores da Polícia Rodoviária Federal (PRF) precisaram chamar a atenção do ciclista que ainda quis questionar o porquê de ser barrado.

Veja abaixo o momento da invasão do ciclista;

O Corpo de Bombeiros e Socorristas pedem a população que não se aglomerem em locais de acidente, pois o curioso que ali está pode causar outro acidente ou até mesmo ser mais uma vítima.

Outra situação que chamou a atenção é o grande número de pessoas que não faziam o uso de mascaras, lei municipal e estadual obriga o uso de mascaras por conta da pandemia do COVID19.

Fica o alerta a toda população.

Compartilhe o post com seus amigos!