O segurança que impediu um pobre menino de comer em um shopping em Salvador, foi demitido por justa causa sem direito a nada.

Em nota, o estabelecimento informou que a medida foi tomada após uma reunião, e que a conduta do segurança foi desnecessária e uma de discriminação de classe

Como foi demitido por justa causa, o segurança não terá direito a nada, nem saldo de salário ou férias.

Entramos em contato, e familiares informaram que no dia de hoje, o rapaz falou com algumas empresas procurando emprego, mas foi recusado por todas, devido à carta de recomendação negativa emitida pelagerencia do shopping, e que isso pode prejudicar sua vida profissional.

O vídeo do segurança tentando impedir o menino de comer o almoço comprado por um cliente ganhou repercussão nas redes sociais. A situação foi gravada por uma pessoa que estava no local e, depois, postada no Facebook do próprio Kaique. O vídeo se tornou viral. Até as 10h desta terça-feira (12), apenas a gravação original tinha sido assistida por 8,9 milhões de pessoas e compartilhada mais de 400 mil vezes. Ao longo de pouco mais de cinco minutos de gravação, é possível ver parte da discussão entre o jovem e o segurança.

Fonte: f7 Noticias