Foto: Gerson Klaina/Arquivo/Tribuna do Paraná
Anúncios

Em sessão do Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR), os conselheiros decidiram derrubar a medida cautelar, concedida em maio, que havia segurado parte do reajuste da tarifa de água e esgoto da Sanepar. Com a decisão, será aplicado um diferencial de 3,76% a mais. O valor já havia subido 8,37% em abril, mas, com a decisão, o acumulado sobe para 12,13% no ano.

A votação da medida cautelar foi proposta pelo conselheiro Fernando Guimarães, o mesmo que havia barrado, em decisão liminar, o reajuste, meses atrás. Agora, a apreciação da medida cautelar levou ao placar de 5 a 1 (apenas Artagão de Matos Leão foi contrário). O assunto segue em análise de mérito, mas sem previsão de votação.

A Sanepar publicou fato relevante (já que negocia ações em bolsa de valores), comunicando na tarde desta quarta-feira (23), que pretende aplicar o percentual a mais. O texto não informa quando será o reajuste.

Tribuna PR

Compartilhe o post com seus amigos!