Foto: Reprodução/RIC Record TV

A situação foi registrada por uma câmera de segurança; assista abaixo!

Anúncios

Câmeras de segurança registraram o momento em que um cliente entrou em uma oficina mecânica no bairro Seminário, em Curitiba, e agrediu o gerente do estabelecimento com socos para não pagar pelos serviços em seu veículo.

De acordo com o gerente Marcelo Sampaio, o agressor deixou uma Mercedes para ser consertada na oficina há cerca de oito meses, mas nunca retirou o carro porque não tinha dinheiro para pagar a mão de obra.“Eu falei uma vez com ele, outras pessoas conversaram com ele, e ele falou que não tinha grana e ia deixar o carro até ter dinheiro”.

No entanto, ao que tudo indica, o homem resolveu não esperar mais e, no início de abril, após bater em Marcelo e parar só depois de ser contigo por outros funcionários do estabelecimento, ele simplesmente levou o carro embora sem pagar os R$ 2.800 mil, quantia cobrada pelos reparos.

“Foi feito um primeiro conserto, ele deu um cheque pré-datado, o qual foi pago o serviço e, em seguida, deu um problema em uma bomba de óleo da Mercedes. Essa peça na fábrica custa em torno de R$ 26 mil. O cliente preferiu pegar uma peça usada, ele trouxe a peça até nós, nós pedimos para que os mecânicos efetuassem o serviço, o qual foi feito. Ele veio para buscar o veículo, já surtou e veio nos agredindo e acabou levando o carro sem efetuar o pagamento. Ele já chegou agredindo. É só ver nas imagens, ele entra e já vem surtando”, completa o gerente ao explicar detalhes sobre o caso.

A RIC Record TV tentou entrar em contato com o homem que aparece nas filmagens, mas não obteve sucesso.