A INICIATIVA PRETENDE INCENTIVAR A COMPRA DE VEÍCULOS ELÉTRICOS NO PARANÁ. (FOTO: DIVULGAÇÃO/AEN)

O projeto de lei que zera a alíquota do IPVA de veículos elétricos foi sancionado pelo governador do Estado

Anúncios

Por RIC Mais

Os proprietários de carros elétricos no Paraná já podem comemorar: o governador do Estado, Carlos Massa Ratinho Junior, sancionou nesta semana o projeto de lei que zera a alíquota do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de veículos elétricos até o dia 31 de dezembro de 2022.

A iniciativa já ocorre nos estados do Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte e Pernambuco e nas cidades de São Paulo, Sorocaba, Indaiatuba e São Bernardo do Campo, de acordo com a Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE).

Frota de veículos elétricos no Paraná é reduzida

Segundo o governo, a liberação do pagamento do imposto tem o objetivo de incentivar o uso de automóveis movidos à energia elétrica que é reduzido no Paraná. Ao todo, dos 7.365.163 veículos em todo o estado, apenas 341 são elétricos. Conforme a tabela de agosto do Departamento de Trânsito (Detran), são:
  • 158 automóveis elétricos;
  • 127 motonetas elétricas;
  •  29 quadriciclos elétricos.

No Brasil são 14.838 veículos elétricos em circulação – julho de 2019 foi o mês mais movimentado no setor na história, com 960 vendas, segundo a ABVE.

Eletrovia do Paraná

O Estado já conta com políticas de incentivo e a maior eletrovia do País, da Copel, que corta o Estado de Leste a Oeste via BR-277.

A empresa estatal de energia se prepara para atender um incremento de até 700% no consumo. Já o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) atua na certificação da cadeia de eletropostos e no dimensionamento e otimização da distribuição.