(Foto: Reprodução)

O assassinato foi confirmado pela Polícia Militar e teria acontecido durante uma live em uma rede social do político.

Anúncios

ex-presidente da Câmara Municipal de Patrocínio, no interior de Minas Gerais, e candidato a vereador, Cássio Remis (PSDB), foi morto a tiros na tarde desta quinta-feira (24).

O assassinato foi confirmado pela Polícia Militar e teria acontecido durante uma live em uma rede social do político.

Remis realizava uma transmissão ao vivo em uma rede social, denunciando uma suposta obra irregular realizada pela Prefeitura de Patrocínio, a 393 km de Belo Horizonte. Em certo momento da transmissão, as imagens mostram um veículo branco se aproximando. Um homem desce do carro e é identificado pela vítima como Jorge Marra, secretário municipal de Obras e irmão do prefeito. Deiró Marra (PSB).

O candidato a vereador chega a anunciar a chegada do opositor durante a live.

Quando o secretário se aproxima da vítima, o celular começa a balançar. Cássio chega a pedir para o homem não quebrar o aparelho. Neste momento, a transmissão é interrompida.

O ex-vereador morreu em frente ao local da obra, antes mesmo da chegada do serviço de urgência.

A Polícia Militar em Patrocínio informou que a ocorrência ainda está em andamento e as informações serão repassadas após finalização da ocorrência.

VEJA O VÍDEO DO ASSASSINATO

DINHEIRO PÚBLICO SENDO USADO PARA REFORMAR POSSÍVEL COMITE ELEITORAL DO PREFEITO DEIRO MARRA

Publicado por Cassio Remis em Quinta-feira, 24 de setembro de 2020

 

Compartilhe o post com seus amigos!