Foto/Portal do Tossinha.

A noite de sexta-feira (06) foi movimentada no setor rodoviário quando a equipe do Portal do Tossinha realizou a cobertura de 5 acidentes, dos quais 2 pessoas acabaram perdendo suas vidas na região.

Leia a seguir a matéria completa de cada acidente.

Colisão entre carro x carreta

Por volta de 19:30h foi registrado o primeiro acidente entre um carro e uma carreta, que acabaram colidindo no KM 187 da BR-376 onde resultou em 3 vítimas.

Uma carreta Mercedes Benz/LS 1934 com placas de Toledo estava carregada com soja, e ao fazer um retorno acabou sendo atingida pelo veículo Honda/Civic LX com placas de Maringá, que seguia sentido Maringá para Marialva.

Com o impacto da colisão os dois veículos tiveram danos de grande monta. Segundo o condutor da carreta ele iria descarregar em uma empresa próxima quando tentava realizar o retorno.

O Condutor da carreta de 58 anos não se feriu, G.A.B 33 anos condutora do veículo, G.B 16 anos e M.E.R 17 anos sofreram ferimentos leves, e foram encaminhados pela concessionária que administra a rodovia até o Hospital Metropolitano para passar por avaliação médica.

O trânsito ficou interditado no sentido Maringá / Marialva por aproximadamente 2 horas até a retirada dos veículos, para liberar a passagem foi desviado o trânsito em vias marginais até que a pista de rolamento fosse liberada.

Atropelamento de uma criança de 5 anos

Um menino de 5 anos acabou sofrendo vários ferimentos após ser atropelado em um bairro às margens da rodovia BR-376 em Sarandi. O atropelamento aconteceu por volta de 20:00h.

O menino que teria se distanciado dos pais e atravessou a rua quando foi colhida por um veículo. Os pais socorreram a criança e foram até a rodovia onde encontraram com uma equipe do Samu 192 que deram atendimento ao menino.

Após ser estabilizado o menino foi encaminhado ao Hospital para ser medicado.

Atropelamento de motociclista

Outro atropelamento no KM-185 da BR-376 acabou levando uma mulher a óbito no local da ocorrência, bem próximo ao atropelamento da criança de 5 anos.

O acidente aconteceu por volta de 20:05h quando Adriana dos Santos Costa 43 conduzia uma motocicleta Honda/Biz com placas de Maringá, e teria perdido uma entrada para adentrar à marginal da rodovia BR-376.

Adriana trafegava pela pista da esquerda quando percebeu que teria passado da entrada e parou ao do canteiro central, após passar vários veículos ela deu seta indicando que iria entrar na marginal, mas acabou passando a frente de um caminhão Mercedes Benz/L 1313 com placas de Paiçandu, que não conseguiu parar e muito menos desviar da motociclista.

Após o caminhão ter atropelado a motociclista, a mulher caiu na pista da esquerda, outro veículo teria parado, mas breve saiu do local, na sequencia um veículo Fiat/Mobi Like com placas de Marialva, teria passado sobre o corpo da mulher segundo uma testemunha.

Adriana sofreu graves ferimentos e chegou a ser socorrida por uma equipe do Corpo de Bombeiros 193 de Sarandi, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito dentro da ambulância.

A Policia Rodoviária Federal (PRF) foi ao local e fez todos os levantamentos e registro da ocorrência, o trânsito precisou ser desviado para uma via marginal, a rodovia ficou interditada por aproximadamente 40 minutos.

Atropelamento a ciclista na PR-444

Na PR-444 um ciclista acabou perdendo a vida após ser atropelado por 4 veículos, o acidente aconteceu no KM-38 bem próximo da saída da cidade de Mandaguari para Marialva.

O acidente aconteceu por volta de 22:45h quando um veículo Ford/Fiesta com placas de Londrina, trafegava pela rodovia sentido Mandaguari / Arapongas quando o ciclista teria entrado na frente do veículo.

O veículo não conseguiu evitar o atropelamento, na sequencia o condutor do Fiesta parou para prestar socorro à vítima, mas quando o condutor do veículo caminhava para socorrer o ciclista um caminhão passou sobre o corpo do mesmo na sequencia outros dois carros também passaram sobre o corpo do homem.

Devido aos veículos terem passado sobre o corpo do homem, o mesmo ficou totalmente desfigurado sendo impossível de realizar qualquer reconhecimento facial. O homem também não portava nenhum documento, ele carregava consigo apenas um holerite que não pode ser usado como identificação.

Até o fechamento desta matéria o corpo ainda não tinha sido identificado.

Uma tarjeta indicado a Cidade de Guarulhos/SP estava próximo ao corpo, e por ela ser vermelha possivelmente é da carreta que acabou atropelando o rapaz.

A concessionária que administra a rodovia esteve no local orientando o trânsito, o Instituto Médico Legal (IML) de Maringá foi acionado para remover o corpo. A Policia Rodoviária Estadual (PRE) esteve no local realizando o registro da ocorrência.

No momento do atendimento um veículo GM/Corsa com placas de Maringá parou para ver o acidente, ao se aproximar do veículo o Agente da PRE notou que o condutor do veículo estava em visível estado de embriagues.

Foi acionado a Policia Militar de Mandaguari para que desse apoio e realizar o teste do bafômetro. O condutor foi autuado e o veículo foi liberado, mas sendo guiado pelo passageiro que é habilitado e não havia ingerido bebida alcoólica.

 Colisão traseira

Por volta de 00:50h já na madrugada deste sábado (07), o veículo Fiat/Siena Fire com placas de Mandaguari colidiu com a traseira de um VW/Gol com placas de Jandaia do Sul que estava parado.

O acidente aconteceu na R. Padre Antônio Lock em frente ao nº 130 no centro de Mandaguari. O condutor do Siena apresentava visíveis sinais de embriagues, foi submetido ao teste de bafômetro, o qual acusou 0,94mg/L, o condutor também não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Diante dos fatos foi dado voz de prisão ao condutor. Equipes do Corpo de Bombeiros 193 e Samu 192 deram atendimento a esta ocorrência, apenas uma pessoa foi encaminhada ao PAM com ferimentos leves.

No Siena se encontravam 4 pessoas, mas ninguém se feriu com gravidade.

Portal do Tossinha.